Publicado em

Super Alimentos Que Vão Ajudá-lo A Livrar-se De Uns Quilos Extras No Seu Corpo

Portanto, decidiu finalmente tentar caber no seu antigo par de calças de ganga e procurar pela forma mais fácil de se libertar desses quilos extra no seu corpo. Uma das formas mais simples para perder peso passa por manter um controlo rigoroso sobre aquilo que come.

Super Alimentos Que Queimam A Sua Gordura

A maioria das pessoas pensa que jejuar é a melhor forma de emagrecer, mas não, não é. O corpo humano precisa de combustível para trabalhar e a fonte desse combustível são os alimentos. Não pare de comer se quiser ter resultados eficazes, coma sim de forma saudável.

Diferentes alimentos têm diferentes efeitos nas hormonas da fome; por isso, é uma boa ideia adotar uma dieta saudável. Se não sabe o que poderá comer, eis então uma lista de alimentos favoráveis à perda de peso que poderá adicionar ao seu plano dietético. Então, do que à espera? Vamos começar.

Super Alimentos Que Queimam A Sua Gordura e Ajudam-no A Perder Peso:

Amêndoas: Não se surpreenda, estas nozes deliciosas são muitos úteis para a perda de peso já que se tratam de uma boa fonte de gorduras mono e polinsaturadas, que têm um papel vital na redução do seu colesterol e na manutenção da sua fina silhueta. É um lanche perfeito que o ajuda quando a fome começa a perturbá-lo.

Feijões Pretos: Acredite ou não, mas é uma verdade indesmentível que uma taça de feijões pretos contém uma boa quantidade de proteína que preenche as necessidades do seu corpo e ajuda-o a perder o peso de uma forma fácil e saudável.

Aveia: Outro super alimento que deve adicionar às suas refeições é a aveia. É rica em fibra e comê-la ao pequeno-almoço mantê-lo-á saciado durante o dia, reduzindo a sua tendência para consumir alimentos de plástico. Além disso, estimula o seu metabolismo e ajuda-o a perder os seus quilos extras.

Abacates: Um dos melhores alimentos que pode adicionar à sua refeição se estiver realmente comprometido com o seu plano de perda de peso é o abacate. Irá derreter a sua gordura mais rapidamente e recolocá-lo em forma. Esta fruta cremosa é recomendada não só por ajudar a perder peso, mas também por estar repleta de fibra e proteína.

Arroz Integral: Adora comer arroz? Mas está preocupado com o seu peso? Não se preocupe; agora pode perder peso com arroz integral, já que é uma boa alternativa ao arroz branco. Têm uma grande quantidade de fibra que ajuda rapidamente a queimar gordura.

Estes são alguns dos super alimentos que deve adicionar à sua refeição. Além disso, para comer de forma saudável também deve fazer alguns treinos para obter resultados mais eficazes.

Publicado em

Forskolin Para a Perda de Peso: A Verdadeira Resposta

Não é entusiasmante ter conhecimento de que existe um suplemento para perder peso que simplesmente derrete a gordura e deixa a massa muscular intacta? A resposta é, obviamente, “sim”. Contudo, a sua questão seguinte deveria ser, “Funciona mesmo?” E a resposta a essa questão raramente é tão positiva quanto as primeiras assunções suporiam. O mesmo acontece com o Forskolin, um composto encontrado numa planta da família da menta.

Forskolin Para a Perda de Peso

Uma pesquisa do Google por “Forskolin” resulta numa torrente infindável de websites que dão conta de pessoas que experienciaram uma enorme perda de peso sem efeitos secundários quando tomaram suplementos com este extrato.

Toda a gente, de médicos na TV a nutricionistas, elogiam-no como sendo a resposta para a perda de peso, mas os resultados concretos poderão surpreendê-lo. Apesar de não ter uma capacidade mitológica para a queima de gordura, o Forskolin é bastante útil e tem vários benefícios, duas valências relacionadas e não relacionadas com a perda e gestão de peso.

Portanto, continue a ler, e descubra os reais benefícios e a verdade sobre a suplementação Forskolin para a perda de peso.

O Forskolin É Verdadeiramente Um Suplemento ‘Mágico’ Para A Perda De Peso?

Existe uma moda atual que passa por utilizar os suplementos Forskolin para a perda de peso. Continuo vivamente a defender a ideia de que os “alimentos são medicina”. Cientificamente, o impacto dos alimentos e das substâncias naturais no nosso corpo é muito maior do que aquilo que fomos levados a acreditar.

Sólidos estudos científicos e investigações apoiam esta afirmação (mesmo quando a medicina “moderna” a ignora), portanto é importante saber o que a ciência realmente diz sobre os nutrientes como o Forskolin, especialmente quando os resultados que nos são mostrados são tão incríveis.

Então, eis os fatos:

1. Existem apenas dois estudos de boa reputação acerca do Forskolin e o seu impacto na perda de peso em humanos e um outro estudo efetuado em ratos.

A primeira investigação em humanos sobre os seus efeitos na perda de peso foi efetuada pela Universidade do Kansas em 2005 em 30 homens obesos ou com excesso de peso. O método deste estudo de 12 semanas concentrou-se na administração oral, por parte de cada indivíduo, de um placebo ou de 250 miligramas de 10 porcento do extrato de Forskolin duas vezes por dia.

Mais tarde no mesmo ano, um segundo estudo em humanos, efetuado pela Universidade de Baylor e publicado na Revista da Sociedade Internacional de Nutrição Desportiva, englobou 23 mulheres com um moderado excesso de peso. Foi-lhes administrada a mesma dosagem do primeiro estudo, também durante 12 semanas.

No estudo com ratos (de 2014), os cientistas administraram Forskolin e/ou Rolipram a 50 ratos-fêmea durante 10 semanas, dividindo-os em cinco grupos de controlo, incluindo um grupo de controlo e quatro combinações de dieta mais suplementação.

2. Nestes estudos, os cientistas concluíram que a Forskolin não parece estimular a perda de peso, mas parece ser capaz de prevenir o aumento de peso.

O primeiro estudo com homens obesos/excesso de peso descobriu que o Forskolin tem um impacto positivo na composição corporal, diminuindo a percentagem de gordura corporal e massa gorda. Outros resultados significativos incluem um aumento na massa óssea e nos níveis de testosterona no sangue. Estranhamente, o grupo que o tomou apresentou níveis superiores de testosterona no início do estudo em comparação com o grupo de controlo.

Soa Excelente, Não É Verdade?

Eis onde as coisas ficam interessantes: apesar de o Forskolin parecer ter tido impacto na composição corporal, os seus participantes não perderam de fato peso. Certamente não viram o tipo de resultados que levariam a afirmar que o Forskolin é uma cura milagrosa para “derreter gordura”.

Não É Verdade?

Alguns meses mais tarde, o segundo estudo com humanos foi dado com concluído, desta vez com 23 mulheres. Uma vez mais, foi administrada a estas mulheres a mesma dosagem durante o mesmo período, de forma idêntica ao primeiro estudo.

Ao contrário deste, os investigadores não encontraram “diferenças significativas na massa gorda ou na massa livre de gordura,” ou seja, a composição corporal não foi afetada. Além disto, não existiram diferenças significativas em quaisquer sinais metabólicos ou lípidos no sangue (como um aumento de testosterona no primeiro estudo).

Concluíram que o Forskolin parece ser capaz de prevenir o desenvolvimento de nova massa gordura e que aqueles que o tomam reportam sentir menos cansaço, fome e saciedade. Resumidamente, o placebo e o Forskolin têm efeitos idênticos, com exceção do ligeiro cansaço e dos sinais de saciedade.

O estudo em ratos conclui que “tanto o Forskolin como o Rolipram estimularam a lipólise e inibiram o aumento de peso corporal ao aumentarem os níveis de cAMP.” Simplificadamente, os cientistas descobriram que o Forskolin conseguiu mesmo evitar um aumento de peso, mesmo numa dieta que fez com que os ratos noutros grupos de dieta ganhassem consideráveis quantidades de peso. Isto está em linha com o segundo estudo, concluindo que a suplementação poderá ajudar a gerir os ganhos de peso.

O Que É Eu Tiro Daqui?

Que o Forskolin, apesar de oferecer alguns benefícios e potencialmente ser capaz de ajudar na gestão da obesidade ao evitar ganhos de peso adicionais, não “derrete a gordura abdominal” – pelo menos, de acordo com a evidência científica.

O Que É Eu Tiro Daqui?

Uma conclusão importante a retirar de todos estes estudos é que o Forskolin não parece ter “efeitos secundários significativos do ponto de vista clínico”. Perto do final deste artigo, discutirei as potenciais interações com medicamentos e os efeitos secundários do Forskolin, mas estes estudos de pequena escala não encontraram evidência capaz de suportar a existência de grandes problemas.